sábado, 15 de fevereiro de 2014

' Dúvidas sobre Onicofagia

Olá meninas farei a cada 15, 20 dias trarei pro blog um tutorial, alguma dúvida ou resenha. 
Hoje trago um dúvida, talvez de muitas pessoas, mas era minha também.

Como diz no título, a dúvida de hoje é sobre Onicofagia(o hábito de roer as unhas). Sim, onicofagia é o hábito de roer as unhas. Muitas das vezes, esse hábito que acaba sendo feio, é  causado por nervosismo, ansiedade, stress, fome, tédio ou até mesmo pode ser um sinal de desordens mentais ou emocionais.



Esse hábito pode transmitir doenças, já que embaixo das unhas há fungos, sujeira, bactérias, até vírus, além de enfraquecer as unhas. Quem roe as unhas, além de roer as unhas unhas, roe a pele e cutícula e acaba machucando e isso pode causar feridas, e ficam expostos a bactérias e vírus, também as deixam doloridas e dificulta o uso das mãos para simples coisas, como lavar louça, tomar banho e até escrever.
Esse distúrbio é mais complexo do que se imagina, pode atrapalhar tanto nos relacionamentos pessoais quanto no trabalho, já que numa entrevista te analisam desde a roupa, como as mãos.

Esse hábito pode ser controlado dependendo do grau de distúrbio, como, desde tratamento com bases para unhas com gostos horríveis que acabamos evitando de colocar na boca, usar um elástico no pulso e pedir para quem estiver com você sempre puxá-lo quando você estiver com o dedo na boca, até com o uso de antidepressivos(claro que no uso de medicamentos é quando a pessoa está com um caso bem grave). Também é sempre bom manter as mãos sempre ocupadas ou até mesmo pintadas.
Alguns roedores compulsivos acham que os métodos e medicamentos não causam efeito e que transformar o hábito em uma promessa de ano novo são mais eficazes, o que não é.



A melhor coisa é procurar um dermatologista e se adequar a um tratamento, que logo o hábito horroroso de roer as unhas desaparecerá. 

Esse é um problema frequente independente de idade, mas ter precaução contra as doenças causadas pelo hábito é a melhor escolha.